Cientistas descobrem um "buraco negro oculto" usando uma nova técnica

Meramente Ilustrada
Segundo o Space.com, os cientistas descobriram um buraco negro de aparência estranha usando um novo método de detecção. A nova pesquisa pode se tornar a base para encontrar milhões de novos buracos negros.

Buracos negros são difíceis de detectar

Apesar dos cientistas teorizarem a existência de mais de um milhão de buracos negros, identificá-los tem sido um trabalho difícil. Simplificando, os buracos negros engolem a luz, o que torna extremamente difícil localizá-los. Atualmente, os cientistas descobrem buracos negros que estão em pares binários com estrelas. À medida que o buraco negro tira a matéria da estrela próxima, emite raios-X, o que os torna fáceis de detectar.

No entanto, o problema é que muitos buracos negros em tais pares de estrelas não emitem sinais fortes o suficiente. Isso é possível quando o buraco negro não está orbitando próximo o suficiente da estrela.

Nova técnica detecta buracos negros mais escuros

De acordo com o novo estudo, os pesquisadores conseguiram encontrar um buraco negro de baixa massa usando uma técnica totalmente nova. Todd Thompson, professor da Universidade Estadual de Ohio e principal autor do estudo, disse que identificá-lo era "o tipo de busca com agulha no palheiro".

A equipe começou analisando mais de 100.000 estrelas usando dados de espectroscopia anteriores. Mais tarde, a equipe analisou o deslocamento Doppler das estrelas, ou seja, é onde os cientistas analisam o brilho da estrela subindo e descendo. Isso acontece quando algo grande está orbitando a estrela, bloqueando a luz com frequência. Com isso, os cientistas conseguiram identificar o sistema estelar binário formado pela estrela gigante 2MASS J05215658 + 4359220. Como o brilho continuava mudando, os cientistas conseguiram identificar um buraco negro de baixa massa.

A nova metodologia seria extremamente útil no futuro, uma vez que ajudaria a encontrar buracos negros que antes eram ignorados.

Segundo Thompson,

Este foi nosso primeiro candidato. Estamos trabalhando para tentar encontrar novos candidatos usando o mesmo método de pesquisa.

FONTE: Space

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.