Pesquisadores identificam pessoas através de paredes usando sinais WiFi


Um grupo de pesquisadores da UC Santa Barbara desenvolveu uma nova maneira de identificar pessoas atrás dos muros usando transceptores Wi-Fi disponíveis no mercado e analisando sua caminhada. A técnica proposta por Yasamin Mostofi e sua equipe é denominada XModal-ID (pronuncia-se Cross-Modal-ID). Ele pode identificar se uma pessoa atrás do muro é igual à das imagens de vídeo adquiridas anteriormente usando apenas sinais WiFI.

Como funciona?

Para fazê-lo funcionar; o primeiro passo é extrair uma imagem de feed 3D da pessoa das imagens de vídeo usando o algoritmo Human 3D Mesh Extraction. Em seguida, os pesquisadores tentam simular os sinais de RF, que seriam gerados se essa pessoa estivesse andando em uma área WiFi, via aproximação de onda eletromagnética. Depois, eles tentam combinar o andar da pessoa comparando os espectrogramas criados pelos sinais de WiFi em tempo real e os baseados em vídeo.

No artigo publicado, os pesquisadores afirmam que a técnica de identificação não requer dados prévios de treinamento em vídeo da pessoa e conhecimento do ambiente. O processo precisa apenas de transceptores WiFi normais para funcionar. Nos experimentos realizados, a equipe conseguiu obter resultados de precisão entre 82% e 89%. Conforme sugerido pelos pesquisadores, a técnica seria uma grande ajuda para a polícia tentar identificar suspeitos de crimes.

Não é a primeira vez!!!
No entanto, essa não é a primeira vez que os pesquisadores desenvolvem uma maneira de identificar pessoas através das paredes. Em 2015, os pesquisadores do MIT desenvolveram um dispositivo de captura de RF que podia identificar silhuetas humanas através da parede usando os reflexos do corpo humano das transmissões sem fio.

Em 2017, pesquisadores da Universidade Técnica de Munique (TUM) desenvolveram um método para gerar imagens em 3D do ambiente ao redor usando Wi-Fi. E no ano passado, um grupo de pesquisadores do MIT desenvolveu uma inteligência artificial para o mesmo objetivo.

No geral, os pesquisadores de todo o mundo parecem interessados ​​em como os sinais Wi-Fi podem ser usados ​​para identificar pessoas através de barreiras. Ao mesmo tempo, a tecnologia também levou a sérias preocupações com a privacidade, já que basicamente todos têm Wi-Fi em sua casa.

FONTE: ECE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.